Vendas recorrentes: como usar o marketing de conteúdo para impulsionar seus resultados!

Vendas recorrentes: como usar o marketing de conteúdo para impulsionar seus resultados!

Você está satisfeito com os resultados do seu negócio? Utiliza o modelo de vendas recorrentes e ainda não descobriu como impulsionar o seu serviço de assinatura?

Pois sabia que existem maneiras de melhorar a visibilidade da sua marca no mercado.

Se você está em dúvida sobre qual a forma mais consistente e econômica de conquistar mais clientes e ter vendas  recorrentes, você está no lugar certo.

Este artigo foi feito para te mostrar como empresas do modelo de recorrência têm usado o marketing de conteúdo para se destacar no mercado e alavancar os resultados de seus negócios.

Vamos te mostrar algumas estratégias de marketing de conteúdo que vão fazer a diferença na hora de fidelizar o seu público e, com isso, gerar vendas recorrentes.

Continue lendo  descubra mais a respeito.

Os números das vendas recorrentes

É possível que você ainda não tenha se dado conta, mas o modelo de vendas recorrentes ganhou o mercado.

E não são apenas empresas grandes e já consolidadas que têm investido nesse tipo de negócio.

Na verdade, tem se visto muita empresa pequena se destacando com a economia da recorrência.

Empresas que utilizam o modelo de vendas recorrentes tem vivenciado uma expansão nunca antes vista.

É o que revelou uma pesquisa divulgada recentemente pela empresa de softwares Zuora.

O estudo, intitulado The Subscription Economy Index, com base no ano de 2016, aponta que, nos 5 anos anteriores à pesquisa, empresas com modelo de assinatura se desenvolveram 9x mais rápido que empresas da S&P500 (índice composto pelos 500 ativos mais importantes cotados na bolsa de NYSE ou NASDAQ) e 4c mais rápido que empresas de varejo dos EUA.

Uma evolução significativa para um tipo de negócio bem recente no mercado.

E não é só isso.

O estudo garante ainda que, até 2020, mais de 80% dos softwares terão seus modelos de vendas migrados para assinatura.

Isso significa que o negócio tem se tornado bastante acessível. O que pode ser explicado pelo avanço da tecnologia e por estratégias e soluções factíveis, ao alcance de empresas de qualquer porte.

Um cenário bem diferente daquele em que somente organizações com grande potencial de investimento podem apostar no modelo de recorrência.

Por dentro das vendas recorrentes

Como todos sabem, o modelo de recorrência não é novidade dos tempos de hoje. Empresas de jornais e revistas, televisão a cabo, telefonia e internet, entre outros negócios, já trabalhavam com esse modelo.

Porém a popularização do modelo de vendas recorrentes é relativamente nova no mercado. E, apesar disso, vem sendo assimilado por inúmeras organizações.

Nunca antes esse tipo de negócio esteve tão em evidência.  

Só para você entender melhor, vamos lembrar aqui o que é venda recorrente.

O modelo de vendas recorrentes é um formato de negócio onde as empresas oferecem produtos ou serviços aos seus clientes com pagamentos recorrentes, por uma determinada periodicidade.

Os serviços de vendas recorrentes são oferecidos através de uma assinatura, paga conforme o consumo realizado.

O contrato de vendas recorrentes pode ser mensal, que é o mais comum, e até semestral ou anual.

Alguns modelos de vendas recorrentes são bem conhecidos.

Para começar, alguns utilizamos diariamente e nem percebemos. Telefonia celular, TV a cabo, seguros, água, luz, gás estão nesse pacote e fazem parte do modelo de vendas recorrentes.

Os clubes de assinatura, que têm feito a cabeça de muita gente e oferecem os mais variados produtos, como livros, cafés, bebidas, e até verduras.

Temos também o modelo SaaS, sigla para Software as a Service, que nada mais é do que a distribuição e comercialização de softwares, em um modelo de serviço onde o fornecedor oferece toda a estrutura necessária à disponibilização de um sistema ao usuário.

E o famoso streaming, como o caso da Netflix, um dos mais bem-sucedidos da histórias das vendas recorrentes.

Uma novidade, e que pode ter sido impulsionada por esse sucesso todo da Netflix, é que as pessoas têm percebido que este modelo de vendas pode ser aplicado nos mais diversos negócios.

Não há limites para a implantação do modelo de vendas recorrentes.

Basta ter um produto ou serviço e saber a forma correta de deixar ele conhecido no mercado, estabelecendo uma relação de amizade com os seus clientes.

E não existe outra forma de fazer isso a não ser pelo marketing de conteúdo.

Como o marketing de conteúdo pode impulsionar suas vendas recorrentes

Já falamos aqui que seu negócio de vendas recorrentes pode bombar se você utilizar o marketing de conteúdo para impulsionar suas vendas.

Essa estratégia não só fará sua marca ficar mais conhecida no mercado, como possibilitará uma relação amigável e duradoura com o seus clientes.

E nós sabemos que isso é fundamental para fidelizar clientes e dar estabilidade ao seu faturamento.

Por isso separamos algumas dicas de como utilizar o marketing de conteúdo, na prática, para colocar a sua empresa na rede, efetivamente.

#1. Conheça seu cliente

Se você quer fidelizar clientes, para alcançar uma base de assinantes do seu serviço, precisa conhecer muito bem o perfil “ideal” da pessoa que se interessa pelo o que você oferta.

A preocupação aqui deve ser o contato duradouro entre empresa e cliente. Por isso o foco é no cliente, e não no produto necessariamente.

Conhecer e confiar no produto é resultado de uma relação amigável estabelecida através da publicação de conteúdo relevante a um público específico, que atenda aos anseios dessas pessoas.  

Por isso conheça bem o tipo de pessoa que é o seu possível cliente. Saiba quais são as suas necessidades, quais dificuldades ele tem e o que ele espera que seja feito para solucionar esses problemas.

Um estudo da persona é fundamental nesta fase. Persona (ou buyer persona) é o conceito que se utiliza para estudar um público específico.

#2. Invista na geração de leads orgânicos

Para que sua empresa seja conhecida no mercado e para que as pessoas fiquem interessadas em consumir o seu produto, é fundamental que você ofereça informações consistentes sobre o que faz e o que entrega.

É preciso que você atraia essas pessoas dando a elas toda as informações necessárias para que elas possam decidir se vão ou não iniciar um relacionamento de compra com você.

E para começar esse processo, é preciso que você produza e publique conteúdo que respondam às pesquisas que as pessoas estão fazendo nos motores de buscas, como Google.

Quanto mais potenciais clientes você levar para sua página, mais possibilidades de vendas recorrentes você vai ter.

E um conteúdo de qualidade é fundamental nessa tarefa. É a única forma de você gerar leads orgânicos. E são esses leads que se convertem em negócios.

#3. Crie artigos para ser encontrado pelo Google

Não adianta nada você conhecer o seu público-alvo, ter um bom produto, produzir conteúdos relevantes se as pessoas não te encontram na internet.

Antes de começar a produzir por aí, procure conhecer as técnicas de SEO. Algumas coisas básicas como o funcionamento da otimização para motores de busca, palavras-chave e a estruturação HTML de um blog são fundamentais.

Com esse conhecimento, seus conteúdos serão otimizados para o Google para que os mecanismos de rastreamento deem a visibilidade que você precisa.

E possibilitem que você seja encontrado com facilidade pelas pessoas que se interessam pelo que você vende.

#4. Tenha consistência em seus conteúdos

Claro que se você está investindo em um negócio, você tem metas a médio e a longo prazo. E para isso a consistência em produção de conteúdo é tão importante.

Em negócios com modelo de vendas recorrentes, você quer mais. Quer manter um relacionamento duradouro com o seu cliente, porque é fundamental a consistência no consumo do seu produto.

Mesmo que não existam regras, é preciso definir quanto de conteúdo você disponibilizará para seus clientes e com qual frequência.

É essa prática que vai gerar um tráfego de leitores assíduos no seu site e uma rotina no relacionamento com o seu público.

Marketing de conteúdo é sempre fundamental

faça vendas recorrentes sempre

Entendeu porque o marketing de conteúdo é essencial em todas as fases dos negócios de vendas recorrentes?

O conteúdo é a seiva da internet, é o que move as pessoas (ou seja, o tráfego) pelas páginas da web.

E, consequentemente, é o que é capaz de prender a atenção do seu público.

Não dá para mostrar um produto para o mercado, atrair os clientes certos e ainda manter esse relacionamento sem as estratégias corretas de marketing de conteúdo, não é mesmo?

Para entender melhor como aplicar essas estratégias no seu negócio, a Marve Digital pode te ajudar.

Entre em contato com a gente, clicando no link abaixo, e juntos vamos traçar uma estratégia poderosa usando conteúdo para atrair clientes recorrente para o seu negócio.

➥ Quero ajjuda para definir estratégias de conteúdo para o meu negócio

Deixe uma resposta

Fechar Menu