Você sabe o que a produção de conteúdo pode fazer por você na web?

Acredite, talvez suas ideias de comunicação para alcançar clientes estejam um pouco ultrapassadas…

Já pensou em criar conteúdo para vender o seu produto sem vender?

Isso é totalmente novo para quem achou que só fazer propaganda seria suficiente.

O problema é que hoje em dia ninguém está interessado em prestar atenção em textos de vendas, elas estão olhando sempre no celular e consumindo conteúdo.

Seja acessando blogs, canais no YouTube, redes sociais, entre outras opções.

Continue lendo que eu vou mostrar a você porque a produção de conteúdo pode ajudá-lo a ganhar atenção dessas pessoas!

O que é a produção de conteúdo para a web?

Conteúdo pode ser entendido como tema, tópico, informação abordada num livro ou em outro modo de divulgação.

Já produção é o que é produzido pela natureza, pelo homem ou pela máquina; produto.

Portanto, produção de conteúdo tem a ver com produzir formatos como textos, dados, gráficos, áudios, vídeos e outros para transmitir informação.

O conteúdo pode ser moldado e fornecido por inúmeras ferramentas como blogs, PDF, streams e assim por diante.

Esse trabalho é feito para entregar a um determinado público algo que ele deseja, para atraí-lo, engajá-lo e convertê-lo em comprador.

Entra em cena o trabalho de marketing para entender o que esse público busca, ou seja quais são seus anseios como consumidores.

Daí temos o que conhecemos no Brasil como marketing de conteúdo, o marketing que se vale de conteúdo para chegar a objetivos de negócios.

Que ideias o cliente cria ao ver o meu conteúdo?

Ao apostar na produção de conteúdo num tema/tópico qual você tem autoridade, você será bem visto dentro num ambiente de extrema competição por atenção.

E então terá a chance de ser encontrado pelas pessoas nos motores de busca, como Google, Bing e Yahoo.

Poderá despertar o interesse dessas pessoas e educá-las sobre o tema/tópico em questão.

Um relacionamento poderá ser iniciado e alimentado e, no fim, você terá mais chances de transformar essas pessoas em clientes.

Como esse trabalho pode ser feito? Existem vários caminhos, mas podemos destacar, por exemplo:

Manter um blog com assuntos em dia, com um calendário de conteúdo organizado por ideias e outros modelos de um conteúdo bem produzido para fazer com que o seu cliente te veja como uma “fonte valiosa de informações” em vez de “alguém querendo vender a qualquer custo”.

Outra ideia que o cliente cria ao consumir seu conteúdo, é de que você o ajuda sem cobrar nada e que ele não se sente obrigado a comprar de você ─ mas impelido a retribuir o valor que você gera na vida dele.

Dessa forma, ele te vê como amigo, mentor ─ e não como mais um vendedor que quer arrancar dinheiro dele.

No fim, acontece o que todos esperam: um vende e outro compra.

Mas de uma forma muito mais interessante. 🙂

Como posso fazer a produção de conteúdo mudar o rumo do meu negócio?

Resumidamente…

Ofereça conteúdo que solucione problemas!

As pessoas têm problemas/dores/necessidades e você deve descobrir quais são para criar conteúdo que as ajude a solucionar isso.

Use e abuse do seu conhecimento, pesquise e resolva tudo que puder resolver para que seus leitores se sintam acolhidos e voltem.

“Se eu oferecer tudo, o que sobra para vender?”

No final, só vai sobrar o seu produto.

O que vai impedi-lo de ir além na realização de desejos ou solução de problemas é não ter o seu produto.

Nessa hora você já tem o cliente na mão, conquistado e a possibilidade de conversão se torna muito maior.

Que dicas você me dá para ter uma boa produção de conteúdo?

Bem, minha ideia com este artigo é explicar a você o poder que uma boa produção de conteúdo pode trazer.

Acredito que já tenha cumprido essa missão, certo?

Agora veja uma lista de ideias que preparamos para que você possa prender a atenção do consumidor do seu conteúdo, aumentar o tráfego e a conversão de vendas da sua marca.

Aposte no poder da persuasão

Produzir um conteúdo de qualidade não é apenas fazer redação com a gramática certa, concordância no lugar e palavras difíceis.

É muito mais que isso.

Seus textos devem ser feitos na linguagem do leitor, sem muitos enfeites gramaticais.

Você vai simplesmente conversar com seus “amigos” e dar dicas importantes que podem mudar a situação deles.

A persuasão é muito importante nesse caso.

Um conteúdo persuasivo, cheio de ideias eficazes gera a tal simpatia que falamos lá em cima.

Não deixe de apostar na persuasão na hora de criar seu conteúdo.

O que não pode ser feito, de forma alguma, é um conteúdo frio, não interessante, sem vida!

Crie conteúdo interativo

A Pesquisa Content Trends 2017 revela que 76,1% das empresas têm dificuldade em produzir conteúdos engajadores

Sim, o principal desafio tem a ver com a produção de conteúdo que engaja o público, segundo grande parte dos respondentes.

Para vencer isso, você pode usar e abusar das ferramentas das redes sociais.

Pode fazer, por exemplo, enquetes simples de serem respondidas, pedir sugestões de pautas para trabalhar no seu blog e conhecer mais a sua audiência.

A interação cria tráfego orgânico (pessoas que realmente participam).

Esse tráfego é altamente valioso, pois são estas pessoas que serão seus clientes em potencial, pessoas que têm interesse no assunto.

Varie os formatos

Escrever ajuda, mas é preciso que você vá um pouco além na produção de um bom conteúdo.

Para isso existem várias formas de passar informações adiante.

Teste a publicação de vídeos, GIFs, podcasts, infográficos e imagens.

Tudo que for te ajudar a passar sua mensagem do jeito mais simples é válido e valioso.

As pessoas não querem se esforçar para resolver seus problemas, elas querem “mastigado”.

Considere os 3 pilares de um conteúdo de sucesso

Depois de abordar qualidade, está na hora de saber outros pilares que vão erguer o sucesso do seu negócio e mudar o rumo da sua marca para algo realmente cheio de valor.

1 – Conteúdo fácil de ser encontrado – Você vai precisar estudar um pouco sobre as ferramentas de busca que deixam o seu conteúdo otimizado. Para isso, estude sobre SEO e tudo que ele pode fazer por você.

2 – Conteúdo acessível – Que tal publicar em várias as plataformas? Quando mais lugares você passar com a sua mensagem, mais pessoas poderão conhecer sua marca. Busque publicar em blogs e nas redes sociais mais utilizadas (Facebook, Instagram e Whatsapp).

3 – Conteúdo compartilhável – Faça com que o seu leitor tenha a possibilidade de compartilhar seu conteúdo. Fazer ele querer compartilhar é questão de qualidade, mas imagina se ele toma essa decisão e não tem uma ferramenta disponível? Deixe o seu blog interativo com as redes sociais.

Considerações finais sobre a produção de conteúdo para web

Neste post procuramos passar o que você precisa saber para começar a produzir um bom conteúdo. Por fim, ressalto a importância de ser original, amadurecer suas próprias ideias e de maneira alguma copiar e colar de algum outro blog.

À medida que você estudar mais sobre a sua marca, novas ideias que podem ser o diferencial do seu conteúdo vão surgindo.

Outro ponto importante é SEMPRE procurar o que o cliente precisa.

Busque visitar outros blogs do mesmo ramo para saber o que falta falar e o que falta fazer pelo leitor. Você será muito bem visto por pensar fora da caixa!

Não deixe de nos acompanhar para saber mais

Gostou das nossas informações? Deixe seu comentário e nos acompanhe para avançarmos um pouco mais nas ferramentas que vão te ajudar a mudar a maneira como as pessoas veem sua marca.

Nós te ensinaremos como é sensacional e lucrativa a arte de escrever para web e produzir conteúdos poderosos!

Deixe uma resposta

Fechar Menu