Talvez você já tenha ouvido falar sobre a lei da atração. Mas, e em marketing de atração?

E sobre o novo marketing?

Talvez já tenha ouvido falar por aí o que é Inbound Marketing. Afinal é um dos termos mais utilizados por marqueteiros no mundo digital, hoje em dia.

Contudo, se você não está familiarizado com marketing, pode ser que ainda não conheça.

Não que isso seja um erro.

Mas, seria interessante para você, empreendedor, que seu cliente viesse até você sem que você precise ficar correndo atrás dele?

Sem que fosse necessário investir pesado em anúncios em rádio, TV e outdoors?

Isso é possível através do marketing de atração, mais conhecido como Inbound Marketing!

E se você ainda não conhece esse conceito, não deixe essa oportunidade passar.

Leia este texto!

Confira mais informações sobre o que é Inbound Marketing logo abaixo!

O que é Inbound Marketing?

Inbound Marketing é uma série de estratégias de marketing utilizadas com um único fim: atrair e converter clientes.

Como isso é feito?

Utilizando a melhor moeda do mundo de hoje, que é o conteúdo para web, segundo Rafael Rez, autor do livro “Marketing de Conteúdo – A moeda do século XXI”.

Sim, os tempos mudaram.

Foram-se embora os dias em que empresas precisavam correr desesperadas atrás de clientes.

Aqui a jogada é outra!

Produzir conteúdos de destaque para sua empresa ser encontrada dentro do seu nicho de mercado, através de mecanismos de busca que levam a blogs e redes sociais.

Você pode até não saber o que é Inbound Marketing, mas com certeza em algum momento já foi atraído por ele!

O termo é novo? Quando surgiu?

Oficialmente o termo surgiu em 2009, quando o Inbound Marketing se tornou popular nos Estados Unidos.

Quando não se sabia o que é Inbound Marketing, Brian Halligan e Dharmesh Shah despontaram.

Eles lançaram o livro “Inbound Marketing: seja encontrado usando o Google, a mídia social e os blogs” que gerou toda essa inovação no marketing.

Podemos dizer que o livro foi o estopim que fez o Inbound Marketing explodir.

A partir daí, empresas de todos os tamanhos e nichos diferentes passaram a adotá-lo.

Consequência: mais clientes, mais vendas, mais autoridade perante à audiência.

Vale mencionar que essa estratégia é diferente do marketing tradicional, que neste caso é chamado de Outbound Marketing.

O Inbound Marketing é diferente do marketing tradicional, que ainda é usado através de comerciais de TV, por exemplo, e que vai em busca de clientes.

No Inbound Marketing, é o cliente que vai até a empresa através da internet.

A intenção dos autores citados acima era de mostrar que determinadas ações na internet podiam atrair muito mais clientes em potencial para qualquer negócio, com um investimento bem menor.

E que isso poderia ser feito através de plataformas simples, como um site ou blog, usando todo um trabalho de relacionamento com o cliente.

Esse relacionamento podia ser mantido por meio de conteúdo personalizado e autoral, com o objetivo de “educar” esses novos clientes, construindo uma percepção de valor no que determinada empresa oferece como produto ou serviço.

Dessa forma, clientes passavam a enxergar empresas como referências em determinado assunto relacionado a seu mercado.

Logo, empresas passavam a exercer certa influência na decisão de compra de todos os clientes atraídos.

O que é Inbound marketing na prática!

o que é inbound marketing

Agora que você descobriu o que é Inbound Marketing e quando ele surgiu, precisa conhecer a sua metodologia.

E analisar isso na prática torna o aprendizado muito mais fácil.

Essa metodologia é uma sequência lógica de ações que combinam a criação de conteúdo (diversas vezes citado acima) com automação de marketing e relacionamento com a audiência.

Portanto, se você deseja obter sucesso ao começar o Inbound Marketing precisa ter ciência dessas ações a seguir:

  1. Atrair o tráfego de visitantes;
  2. Converter visitantes em leads;
  3. Transformar leads em clientes;
  4. Encantar os clientes para que se tornem propagadores da sua marca.

Todas essas etapas são feitas por meio de ações e técnicas integradas como, por exemplo, SEO, e-mail marketing, blog, mídias sociais, landing page e etc.

Todos esses recursos são ferramenta monitoradas a fim de mensurar e analisar resultados.

Dessa forma, é possível saber se as estratégias utilizadas estão dando resultados.

O princípio básico do Inbound Marketing é gerar Leads.

Leads convertem-se clientes e geram vendas, os maiores objetivos de uma empresa.

Quando se trabalha pelo marketing de atração, construindo um conteúdo relevante que chame a atenção, não se gasta energia buscando clientes.

Aqui, os consumidores, por espontânea vontade, se interessaram no assunto e pesquisam a respeito do que querem comprar. E nesse processo, se “esbarram” com o conteúdo de uma empresa que oferece aquilo que procuram.

Consequentemente, a empresa acaba por conseguir um público mais engajado e propenso a realmente consumir o produto.

Ao publicar o conteúdo certo em um blog, por exemplo, o marketing torna-se relevante e útil para os clientes.

Assim, a empresa ganha a atenção e conduz os consumidores para as próximas etapas de uma jornada de compra.

Os Blogs, por exemplo, são grandes portas de entrada de potenciais clientes.

Eles fazem parte de uma estratégia de Marketing de Conteúdo, um dos principais pilares do Inbound Marketing.

Mas não pode ser qualquer conteúdo aleatório, ok?

Existe todo um planejamento que você precisa ter para utilizar um blog como ferramenta de marketing de atração.

Um blog que produz conteúdo de qualidade, baseado no seu público-alvo e nas etapas do processo de compra, sem dúvida gerará resultados.

Esse ponto inicial do Inbound marketing ajuda a consolidar uma marca e capturar leads qualificados.

Entendeu porque o conteúdo é tão importante?

Ele é fundamental para a conversão desses visitantes em leads, pois é ele que instrui e ajuda as pessoas a tirarem suas dúvidas. Esse deve ser seu foco!

Contudo, não confunda atração com conversão, são duas coisas diferentes.

Muitas empresas atribuem número de visitas à conversão, o que é um erro.

Não adianta nada ter um site com muitas visitas se o objetivo final não for cumprido, que é a venda propriamente dita.

Portanto tenha em mente que é preciso transformar seus visitantes em Leads, para assim gerar relacionamento com ele, e levá-lo ao próximo passo.

Como se gera relacionamento com o cliente?

Simples. Presenteie ele!

Pense por um momento: você costuma comprar algo de alguém que acabou de conhecer?

Pode até ser que compre, mas é raridade.

Compras são baseadas em confiança, que só se adquire quando se há um relacionamento.

Sendo assim, presenteie seu cliente quando ele realizar uma ação.

Por exemplo, ofereça um e-book ou vídeo gratuito só por ele cadastrar o e-mail na sua lista.

Pessoas adoram ganhar presentes, principalmente se forem de graça e inesperados.

O importante é que o cliente entenda que sua ação gerou uma recompensa, o que nos leva a etapa final: a compra.

Dificilmente um cliente deixará de comprar de você após receber um presente. É o princípio da reciprocidade.

Toda essa estratégia pode parecer complexa, mas não é.

Quando bem planejada e focada no público-alvo, garante à sua empresa muitos benefícios.

Após passar por todas essas etapas, leads se tornam clientes, e depois, clientes satisfeitos são fidelizados.

Descubra mais sobre outras estratégias poderosas de marketing digital

O Inbound Marketing é uma dentre várias estratégias que você pode utilizar no marketing digital.

A internet revolucionou o mundo, trazendo um acesso ilimitado a todo tipo de informação.

Antigamente, os consumidores dependiam das próprias empresas das quais compravam produtos e serviços para obter informações sobre os mesmos.

Hoje, é o consumidor que tem o poder de informação literalmente na palma da mão.

O jogo virou, quem precisa ter cuidado agora são as empresas, pois uma simples reclamação em uma rede social pode ser muito prejudicial aos negócios.

Aqui, no blog da Marve Digital, você sempre encontrará conteúdo atualizado e relevante sobre as melhores estratégias de marketing digital para trazer resultados para a sua empresa.

Deixe seu comentário aqui abaixo, e diga o que você achou deste artigo.

E não se esqueça de compartilhar com sua rede de contatos, pode ajudar outras pessoas fazendo isso.

Deixe uma resposta

Fechar Menu