Os infoprodutos são produtos que contêm “informação empacotada”. Esses produtos não tangíveis podem ser comercializados e possuir alto valor agregado, conforme necessidade do público, quantidade de pessoas interessadas no assunto, capacidade de se mostrar relevante e de gerar confiança.

O objetivo dos infoprodutos é o de educar, fornecendo informações e resolvendo problemas dos interessados, tornando mais ágil e fácil o aprendizado e a aplicação prática de quem adquiriu.

O mercado de infoprodutos não possui praticamente nenhuma barreira de entrada, pois basta que o produtor conheça de determinado assunto para transformá-lo em um infoproduto. E basta que alguém se interesse pelo assunto e deseje vendê-lo para outros interessados para se tornar um afiliado e vender o infoprodutos em troca de comissão.

Só na plataforma Hotmart existem mais de 40 mil infoprodutos. E uma vantagem desse modelo é a possibilidade de alcançar muitas pessoas sem a necessidade de envio que um produto físico requer, já que a entrega é totalmente online.

No ramo do empreendedorismo digital, o setor de infoprodutos é muito forte e tem crescido continuamente. A grande questão é que a concorrência nesse setor está cada vez maior e uma das saídas para se destacar é fazer marketing de conteúdo relevante, bem planejado e bem estruturado.

Atrair a atenção de pessoas na internet está cada vez mais difícil. São poucos segundos para que uma pessoa leia uma manchete ou chamada e se interesse ou não por saber mais sobre o assunto.

Nesse contexto, entender claramente quem é o seu público-alvo, seus desejos, interesses, dores, dificuldades, necessidades e problemas e usar esse conhecimento para ir ao encontro desse público produzindo materiais gratuitos com alta qualidade poder ajuda, e muito, a vender infoprodutos de forma cada vez mais escalável.

Então, se você quer saber como vender infoprodutos, este artigo vai te mostrar o caminho.

Formatos de conteúdo para usar na estratégia de infoprodutos

como vender infoprodutos

Os materiais mais comuns para atrair a atenção de pessoas e vender mais na internet, como vender infoprodutos e ser afiliado, por exemplo, estão listados abaixo:

Artigo em um site ou blog. Se você quer trabalhar com informação, nada mais interessante do que oferecer informação técnica ou explicativa e persuasiva em formato de texto. Quem se interessa por determinado assunto vai perceber o seu nível de conhecimento e querer saber um pouco mais sobre suas publicações. Essa é a especialidade da Marve Digital.

Vídeos. Vídeos educativos, mini-cursos, tutoriais e tira-dúvidas são bem interessantes para quem deseja aprender mais sobre um assunto, diretamente do conforto do seu lar, na hora em que desejar. Se o vídeo for divertido e com conteúdo muito pesquisado e desejado pelas pessoas (grande mercado), existem grandes chances de ser amplamente visualizado.

Podcasts ou áudios: conteúdo gravado em áudio contendo informações ou aulas, bem como entrevistas ou discussões com especialistas em um assunto (podcast). A vantagem deste formato é o aumento do número de pessoas interessadas, tendo em vista que o conteúdo pode ser ouvido enquanto a pessoa realiza outra atividade simultaneamente.

E-book. Normalmente costuma ser mais denso ou detalhado que o formato artigo ou vídeo, por isso, é muito utilizado como “oferta de conteúdo” ou “isca digital”, que consiste em um material utilizado para obter contatos de pessoas interessadas. O interessado pelo material vai recebê-lo em troca de deixar dados pessoais como e-mail e telefone, se tornando seu lead.

E-mail marketing. Usado após coleta de e-mails dos leads em troca de mais conteúdo (isca digital, o e-book por exemplo). Pode ser enviado com mais dicas em texto ou contendo um link para novos conteúdos em seu site, blog ou portal de vídeos. Temos um artigo aqui no blog falando sobre essa estratégia.

Redes Sociais. Posts, vídeos, lives no Facebook, stories no Instagram, participação em grupos. Em todos esses formatos é possível entregar bastante conteúdo relevante, tanto de forma orgânica quanto de forma paga, para educar seu público e mantê-lo conectado a você.

Plataformas, sites e fóruns especializados. Você pode se inscrever e participar de plataformas, sites e fóruns especializados, onde as pessoas querem debater e tirar dúvidas sobre determinado assunto. É a chance de oferecer seus conteúdos e seus infoprodutos, tanto como produtor como quanto afiliado.

Outros formatos. Infográficos, testes, formulários, jogos e aplicativos também podem ser utilizados para entregar conteúdo, ofertar e vender infoprodutos.

Como os conteúdos gratuitos podem ajudar a vender infoprodutos

como vender infoprodutos

Para um conteúdo se destacar dos demais dentro do competitivo mundo virtual, é fundamental conhecer e aplicar técnicas de SEO (Search Engine Optimization), que consiste na otimização de sites (e do seu conteúdo) para ser facilmente encontrado pelos mecanismos de busca.

Ou seja, quando alguém buscar por um assunto na internet, se o seu conteúdo aparecer entre os primeiros da página de resultados, existem maiores chances de ser selecionado e acessado pelo interessado, aumentando a quantidade de tráfego para seu site e/ou suas redes sociais.

Quanto mais pessoas chegando até o seu conteúdo, mais ele é acessado e maiores as chances do seu infoprodutos passar a ser desejado pelos interessados. Tudo isso muitas vezes de forma gratuita, sem ter que investir em tráfego pago.

Ou seja, é fundamental conhecer seu público e saber quais palavras chave ele está buscando na internet para utilizá-las em seus materiais gratuitos para atração de pessoas. Nesse contexto, ferramentas de análise de termos, como o Google Keyword Planner e o SemRush são fundamentais.

Por exemplo, quem está buscando o assunto “como fazer bainha de calça” pode obter como resultado um vídeo tutorial explicativo ou artigo ilustrado mostrando como fazer a bainha em uma calça jeans, outro do mesmo assunto para calça social e assim, sucessivamente.

Outro exemplo é o deste artigo, pois você pode ter chegado a ele através de pesquisa sobre “infoprodutos”, “afiliados” ou mesmo “como vender infoprodutos”.

Uma forma de perceber e escolher palavras-chave certas para o seu conteúdo é ouvindo o seu possível-cliente. Saber onde essas pessoas se encontram, lugares que frequentam e ir até esses locais para ouvir as pessoas ou realizar pesquisas de mercado.

Com uma ideia dos interesses do público e palavras pesquisadas, pode-se utilizar também gratuitamente o Google Trends, totalmente gratuito, onde é possível inserir até 5 palavras-chave e comparar a quantidade de buscas em um período de tempo (última semana, último mês e último ano, por exemplo, além de localidades).

As melhores palavras-chaves devem ser utilizadas em títulos e em boa parte do conteúdo, para ser facilmente localizada em uma pesquisa.

Entender de SEO e como utilizá-lo a favor do seu negócio digital vai economizar muito dinheiro na aquisição de novos leads ou possíveis clientes, ampliando muito seus conhecimento sobre como vender infoprodutos.

Passos para um marketing de conteúdo eficaz para infoprodutores e afiliados

  1. Escolher um nicho

Se você quer saber como começar a vender infoprodutos e ter resultados, o primeiro passo é a definição do nicho, do assunto com o qual vai trabalhar, o que deseja ensinar em seus produtos digitais.

Aqui a recomendação é que o nicho seja o mais detalhado possível. Por exemplo, em vez de falar sobre plantas, que é um nicho muito amplo (um mercado inteiro), pode-se escolher falar sobre “plantas ornamentais para jardins residenciais”.

Sobre o nicho escolhido, pode-se criar uma variedade de conteúdos e de infoprodutos. Usando o exemplo mencionado, pode-se desenvolver um curso sobre onde adquirir e como posicionar as plantas para ficar visualmente bonito.

Também é possível vender, por exemplo, um guia sobre o uso de fertilizantes e cuidados para que as plantas cresçam saudáveis.

Ou seja, tudo começa com a definição e detalhamento do nicho a ser trabalhado.

  1. Conhecer o mercado e o público-alvo

Após definição do nicho, é fundamental o conhecimento de mercado, pois de nada adianta produzir um material ou infoproduto de excelente qualidade mas pelo qual ninguém tem interesse.

A avaliação que deve ser feita nesse momento é se existe uma grande quantidade de pessoas interessadas no assunto (como já mencionado, avaliar a quantidade de pessoas que têm buscado o assunto na internet pode ser um bom caminho) e dispostas a pagar para obter tal conhecimento.

Em seguida, é importante avaliar o que já existe no mercado e na concorrência, para que você aprenda e possa definir como vender o seu infoproduto para que demonstre algum diferencial.

  1. Definir o plano de conteúdo

No plano de conteúdo são definidos os tipos de conteúdos que serão criados, conforme interesse do público, bem como os canais de divulgação (redes sociais, sites, aplicativos, etc.) e a frequência de divulgação.

As palavras-chaves a serem utilizadas serão estabelecidas com base nas análises de público e/ou pesquisas de mercado.

Para cada conteúdo, é necessário estabelecer o objetivo que aquele conteúdo deseja alcançar, como por exemplo aumentar o número de seguidores em redes sociais, aumentar as visitas no site, aumentar o número de cliques em algum link, conseguir leads ou conversão de vendas.

Um conteúdo denso em texto (chamamos de Hard Content) pode se transformar em várias postagens nas redes sociais, vídeo, aula ao vivo, áudio, infográfico, formulário passo-a-passo e até e-book.

Por isso, pode valer muito a pena iniciar produzindo um grande e detalhado artigo sobre o assunto do seu domínio, contendo ao final uma chamada para ação (CTA – Call To Action) que pode convidar os leitores a uma oferta e venda do seu infoprodutos.

  1. Produzir o conteúdo

Com seu infoproduto já rascunhado ou finalizado ou, escolhido (caso seja afiliado), é hora de começar a produzir, de fato, o conteúdo para educar o público, aumentar sua audiência, se tornar conhecido, se posicionar como autoridade, conquistar leads e fãs e fazer mais ofertas, aumentando consideravelmente as suas vendas.

O conteúdo deve ser produzido seguindo o plano de conteúdos e a frequência definidos, mantendo a constância e avaliando as métricas: curtidas, interações, compartilhamentos e conversões em cadastros (leads) e em vendas.

  1. Venda e Pós Venda

Todo conteúdo produzido deve ter uma chamada para ação (CTA – Call To Action), convidando as pessoas para uma oferta irresistível do seu produto.

Nesse momento, se a estratégia de marketing de conteúdo foi bem construída, a venda será rápida e facilitada, apenas consequência de um relacionamento bem construído com a sua audiência e do grande interesse despertado neles.

Para se aprofundar sobre como vender infoprodutos

como vender infoprodutos

Se você leu até aqui é porque, de fato, está interessado em como vender infoprodutos ou ser um afiliado de grande resultado e percebeu que uma das formas de se fazer isso é através do marketing de conteúdo.

Mas pode ser que você esteja percebendo que demanda um pouco de trabalho com planejamento e produção, mesmo se você for um afiliado. Por mais que não tenha produzido o infoproduto em si, terá que produzir conteúdos relevantes sobre o assunto, que vão culminar com a oferta e direcionamento à venda do infoproduto em questão.

Realmente, não é um trabalho que vai gerar resultados a curtíssimo prazo, como muitos prometem por aí. É um trabalho que demanda consistência, que precisa se manter por um longo tempo, para que as pessoas possam perceber o valor que você gera para a audiência e comecem a visualizá-lo como autoridade no assunto, como alguém que passa segurança e valor.

Então, se você quer vender infoprodutos e deseja começar a produzir conteúdos relevantes e com alto poder de conversão em vendas, mas acredita que não vai ter assunto para produzir tanto conteúdo ou não vai ter tempo para se dedicar a esse trabalho específico, existe um caminho!

Se você prefere se dedicar a produzir seu infoproduto, estudando mais sobre o assunto, visando se tornar um expert ou quer se dedicar a estar mais perto do público-alvo, podemos te ajudar.

A Agência Marve possui um plano de conteúdo para empreendedores digitais que visa planejar e entregar conteúdos de alta qualidade, dentro do seu nicho de mercado, totalmente otimizado com SEO para o seu público específico.

Se quer se dedicar ao que é especialista e evitar todo o trabalho que a produção de conteúdos agrega, mas não quer abrir mão do resultado poderoso que ela gera em aumento de vendas, clique aqui e venha conhecer agora como o nosso plano de conteúdo pode te ajudar, a um investimento que cabe no seu bolso e que será facilmente recuperado com os resultado gerados.

Não perca mais tempo! Descubra agora os benefícios da terceirização da produção de conteúdo e aumente sua presença digital. 

Clique aqui e solicite agora seu orçamento de plano de conteúdo para empreendedores digitais e faça seu negócio crescer e lucrar muito mais!

Deixe uma resposta

Fechar Menu